segunda-feira, 28 de maio de 2012

Resenha - Jogos Vorazes

         Bom, essa é a minha primeira resenha, então não sei se ela sairá perfeita, se vou contar muito sobre a história ou se vocês irão achar entediante. Enfim... O importante é que tudo tem uma primeira vez e sempre há um aprendizado com os erros (olha eu, já mudando de assunto!). Então vamos lá!

         O que dizer de Jogos Vorazes? Perfeito, envolvente, maravilhoso, épico? Eu simplesmente estava louca para ler esse livro (por causa dos comentários do filme e particularmente dos da Anna do Castanha) e realmente não me enganei quanto a perfeição do tal. Li, reli e anotei as melhores partes, não cansava de admirar e analisar os personagens.

         Na época em que acontecem os Jogos, a América do Norte não existe mais e foi substituída por Panem, que contém 12 distritos onde cada um deles deve escolher um garoto e uma garota a cada ano, para lutar até a morte. A Capital é uma espécie de metrópole que coordena tudo. Katniss Everdeen,do distrito 12, na verdade não foi uma das sorteadas, porém foi lutar no lugar de sua frágil e delicada irmã mais nova, Primrose. A vida de Katniss se resume a esse amor pela irmã, que foi cuidada por ela, desde que o pai faleceu e a mãe teve uma espécie de choque com o acontecimento. O garoto escolhido é Peeta Mellark (lindo, fofo e cheiroso), o filho do padeiro. Seu maior objetivo é não perder a personalidade, apesar da pressão dos jogos. Katniss e ele já haviam se "esbarrado" por aí.

        A narrativa nos prende ao livro e muitas vezes foi bem difícil largar-lo para ir dormir ou até mesmo comer. Como a Anna (citada no início) disse, a equipe é realmente espetacular! O Cinna faz Katniss brilhar como ninguém, A garota quente. Em cada apresentação, ela está radiante, Ah e o Peeta também haha. O que seria deles sem o entusiasmo de Effie?  E o Haymitch... ah, o Haymitch pode ser duro, sarcástico, bêbado (haha) e até fingir não ter coração, mas no fundo, ele ama os meninos!

       O Gale é o garoto que ajuda Katniss a caçar e colocar comida na mesa, desde que seu pai faleceu. Com ele, Kats passa os melhores momentos, dá as melhores risadas e trabalhar se torna até uma diversão. Por isso, longe do distrito, Gale é um dos principais donos do pensamento dela, exceto pelas estratégias do jogo.

       O jogo é cheio de emboscadas, adrenalina, fortes emoções e alimentos mortíferos. A atenção e a experiência são indispensáveis na arena. Além dos perigos já previstos, tem os Carreiristas, um grupo de   tributos super habilidosos unidos para matar os mais fracos.

       A história, como já disse, é maravilhosa e cheia de ação, com uma pitadinha de romance. Suzanne Collins não deixou nada a desejar e pelo que fiquei sabendo, é autora de outras grandes obras. Parabéns pra ela!
_________________________________________________________________________________
Coments: E aí, o que acharam? Comentem!
Opinião: Peeta é meu personagem preferido (:
Beijos e que a sorte esteja sempre ao seu lado.

10 comentários:

  1. Muitas pessoas falam muito bem desses livros, na verdade nunca vi ninguém falando mal. Quero muito ler.
    Beijocas.
    http://palomaviricio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, é ótimo(: Obrigada pro comentar.
      Beijos.

      Excluir
  2. É um livro épico mesmo. Adorei da primeira a última página e é um dos melhores que eu já li. Adorei a resenha!

    Gabi

    ResponderExcluir
  3. É verdade Suyane , este livro é realmente perfeitoo! Eu também não conseguia nem respirar quando começava a ler . Dava altas gargalhadas e nas lutas eu faltava rasgar , amassar o livro kkk.
    Muito boa resenha , parabéns. =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk'Também fiquei mais ou menos assim.
      Obrigada(:

      Excluir
  4. Adoro esse livro. E meu personagem preferido também é o Peeta.Estou louca para ler em chamas e ver os novos modelos questes de Cinna rsrs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk'Os modelos de Cinna realmente são incríveis!
      Beijos e obrigada por comentar.

      Excluir
  5. Oi, Suyane! Bom, você sabe muito bem o que eu acho de Jogos Vorazes então não tem necessidade de repetir que essa série é muito boa, ótima, perfeita e leva certas pessoas a passarem duas horas seguidas falando dela (sem contar os minutos avulsos!).

    Sua resenha ficou ótima! Se considerarmos que é a primeira então... excelente. Vamos combinar que escrever sobre um livro muito bom não é tão complicado assim, né? Eu pensava o contrário, mas era porque ainda não tinha escrito sobre algum, digamos, regular.

    Como não amar Peeta Mellark? Tenho certeza que ele é o personagem preferido de muita, muita gente. Sério, até o Gale gosta dele. Hahaha :)

    Beijinhos.
    Anna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaah, obrigada *-* Fico feliz que tantas pessoas tenham gostado (: Sim, Peeta é uma amostra grátis de quase-perfeição haha.
      Beijos.

      Excluir